Obesidade nos animais de estimação

A má alimentação não afecta só o ser humano, mas por vezes também os que com ele coabitam. Terá de estar atento ao seu animal de estimação, pois ao contrário de si ele não sabe quando deve parar e se lhe der, vai devorando o que aparece à frente, até que apareçam os sinais de evidente obesidade.

Não dê biscoitos ou restos de comida sem limites só para ele ficar feliz e fazer aquela gracinha que tanto gosta. Opte por dar sempre a refeição nos mesmos horários e pontualmente um biscoito como recompensa, nada além disso. São diversos os problemas de saúde associados à obesidade animal, tal como diabetes, problemas articulares e respiratórios, menor expectativa de vida, entre outros.

A prática de exercício físico no cão é uma maneira sadia de controlar a obesidade e aumentar o gasto energético. Por isso saia de casa e faça corridas com o seu animal, o cão agradece e o dono também.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *